VIVA O SAMBA

(PT)PROJETO VIVA O SAMBA

O projeto musical Viva O Samba foi fundado no ano de 2015 por dois músicos brasileiros, com a ideia de promover esse ritmo genuinamente brasileiro em terras lusitanas, reunindo família e amigos em torno de uma autêntica roda de samba, composta por 14 (quatorze) músicos, disposta no centro do espaço e com o público em volta. Uma roda de samba em que todo mundo se olha, dança e canta junto!
O projeto iniciou as suas atividades no Bairro Alto em Lisboa, em janeiro de 2015, e rapidamente conquistou um público fiel, que comparece com habitualidade ao samba de domingo, criando uma verdadeira comunidade luso-brasileira. Além dos frequentadores oficiais, centenas de turistas, das mais variadas nacionalidades, são atraídos todos os domingos pela alegria democrática e contagiante do samba. Estimamos que mais de 20 mil pessoas tenham visto a roda de samba mais famosa de Lisboa, com uma média de público 300 a 400 pessoas por domingo, ao longo de dois anos.
O samba, hoje patrimônio imaterial do povo brasileiro, nasceu na Bahia por volta de 1860, em um movimento sincrético da cultura negra africana (percussão) e da cultura portuguesa (viola e o pandeiro). Tradicionalmente, o samba era feito em roda dada à influência da filosofia africana do Ubuntu (“eu sou porque nós somos”), cuja mensagem de solidariedade procura não destacar ou centralizar a atuação de qualquer um dos membros da roda, demonstrando que todos são igualmente importantes e relevantes, estando sempre no mesmo patamar. E é por essa razão que o nosso projeto pretende manter e difundir a tradição da roda de samba. O Viva o Samba possui uma musicalidade madura de quem cresceu e se desenvolveu com a música, sendo integrado pelos seguintes músicos: Cicero Mateus (voz e percussão), Betinho Mateus (voz e surdo), Tom Lemos (voz e violão), Bruno Nery (banjo), Eron Gabriel (percussão), Bruno Pereira (voz e violão de 7 cordas), Gegê de Oliveira (voz e cavaquinho), Diogo Guanabara (bandolim), Vinicius Lemos (tantã), Wesley Victor (pandeiro e reco-reco), Claudinho Cojak (pandeiro), Júnior Moris (violino), Carlinhos Percussão (congas) e Madalena Gomes (pandeiro e vocais).
O Viva o Samba já circulou por quase toda a Europa e já participou de eventos importantes como o Festival Imigrarte, Mundo Mestiço, o Mega Samba Sesimbra. Recentemente, o Viva o Samba realizou uma edição especial do seu show no Teatro do Bairro (Lisboa/PT), um dos mais tradicionais de Lisboa, a comemorar o samba. O show Viva O Samba rendeu sucesso de público e crítica.

organização:

G.R.E.S. BOTA

Logo.jpeg

©2019 by MegaSamba. 

contacto: