samba do morro da marconi

Ricardo Nuno Pinto Alves, mais conhecido por Chora, nasceu em 1977 na vila de Sesimbra e desde cedo se deixou influenciar pelo tradicional carnaval da terra, pelos ritmos brasileiros e pelos discos de MPB que seus pais traziam das viagens ao Brasil.

Ingressou aos 17 anos no G.R.E.S. Bota, corria então o ano de 1994.
É desde 1998 o Director de Bateria da escola (21 anos no comando) dirigindo cerca de 50 ritmistas durante todo o ano e responsável por todo o trabalho rítmico e de orquestração de todos os naipes.
Autodidacta, cantor, músico, ritmista, orquestrador, produtor, é também compositor de cerca de 30 sambas-enredo para várias escolas de samba do país, mas principalmente para o G.R.E.S. Bota onde já conta com 16 vitórias, tem também dezenas de obras originais de samba de raiz e partido-alto.
Um dos fundadores e responsável pelo Festival Internacional MEGASAMBA desde o seu início.
Integrante também desde 2014 do Bloco X (bateria de Samba internacional composta por ritmistas e músicos de vários países europeus).
Será uma oportunidade única para desfrutar ao vivo destas obras inéditas do compositor sesimbrense, só possível pelo empenho e entrega de cada um dos músicos intervenientes neste projecto, e que aqui passamos a citar:

Ricardo Alves "Chora", Paulo Soromenho, Mário Marques, Paulo Taklim, Leandro Figueiredo, Luís Taklim, Márcio Lima e Giovanni Barbieri.

organização:

G.R.E.S. BOTA

Logo.jpeg

©2019 by MegaSamba. 

contacto: